terça-feira, 9 de outubro de 2007

O choro da minha alma.


A minha alma tem tédio da minha vida, darei livre curso a minha queixa, falarei na amargura da minha alma (Jó 10:1)

Nesta quarta-feira senti no fim do dia como se minha alma estivesse em pranto.

Muitas lembranças e com eles sentimentos tomaram conta da minha alma.


Houve um tempo em que me sentia livre, forte, jovem.
Sentia como se pudesse fazer qualquer coisa.

Ilimitado, sonhador e cheio de energia mergulhei de cabeça, com toda empolgação em tudo o que acreditava ser certo.
Coloquei meu coração Fui precoce, precipitado, impulsivo, intenso.

Hoje me peguei lembrando de quando fiz 18 anos. Puxa, como me senti feliz aquele dia!

Não me importava muito com a meditação e sim com a ação. Atitude óbviamente normal de acordo com o setênio em que estava..

O fato é que me encontro hoje, irreversivelmente comtemplativo e cheio de introspecções.

Chego portanto hoje a seguinte constatação: Estou me tornando melancólico. Cada vez mais.

Cada vez mais me distancio daquela senssação de onipotência, e encaro minha decadência inevitável.

Não há como blindar o coração . Sinto-me mais vúlneravel cada dia.

A felicidade é passageira e por isso tão preciosa? Quem tentar segura-la se frustrará? Ela é tão frágil que se esgarça? Ela só tem permanencia na memória?

Somos felizes a medida que guardamos o que nos marcou um dia?


Simplesmente não consigo anestesiar minha alma e deixar de pensar nisso.

Não consigo deixar de pensar em como minha vida já foi mais simples. Não consigo deixar de pensar nas mágoas e decepções que causei.

Será que seria feliz se fosse mais ingênuo, menos reflexivo e me condenasse a ignorância?

O que fazia Jesus feliz? Como pósso tentar imitá-lo?

Será que conviver com pecadores fazia Jesus mais feliz? Mesmo sendo alvo dos religiosos que o mataram?

Ou Ele abriu mão de sua felicidade aqui em nome de sua bondade?

Não tenho essas respostas, nem a pretensão de te-las. Mas tenho um plano, ele é bem simples na verdade.

Nunca mais quero encenar perfeição. Nunca mais quero pousar de triunfante, nem tolerar a "cretinice gospel".
Vou bater no peito diante de Deus assumindo que sou um farsante, vaidoso e instável.
e seguir pela vida com um coração simples e sem grandes arroubos como antes.



Quem sabe haverá esperança ...





Em tudo isso, e mesmo com a alma em pranto, sei que Jesus é o companheiro de todos os momentos.

Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei... (Salmos 42:5)

2 comentários:

Esclarecedores disse...

Como já dizia o grande Ozéias de Paula, "...ei amigo, a idade jovem passa, como a chuva na vidraça, atrapalha a visão..." Tudo é mais simples, direto e cru quando somos jovens cheios de sonhos e turbinados por desafiar o mundo no peito, na raça. Pois é cara, amadurecer doe mesmo. Mas pra cada idade, existem suas compençãções, pense nisso. Otimo texto, cheio de alma, verdadeiro e inspirado...Parabéns!! Você sabe de onde vem os melhores blues?Pois é, dai mesmo...Da tristeza, comtemplação e do sentimento de impotência...

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,